Sete dicas de como fazer seu negócio deslanchar em 2014

Sete dicas de como fazer seu negócio deslanchar em 2014Se houvesse receita infalível para alcançar o sucesso, seria vendida a preço de ouro. Mas algumas dicas de empreendedores que movimentaram o mundo dos negócios em 2013 podem ser bem-vindas e servir de inspiração para que aquela ideia que pode se transformar num grande negócio, finalmente, saia do papel em 2014.

Ter coragem, criatividade, capacidade de se reinventar, inovação e determinação são apenas algumas das características citadas pelos empreendedores ouvidos pelo site de VEJA para motivar os que ainda titubeiam sobre criar ou não uma startup — ou qualquer outro tipo de empreitada.

Segundo Marcio Kumruian, da Netshoes, é preciso ter dinamismo para se aventurar na criação de um negócio próprio no Brasil. A metáfora usada pelo empresário é a de que é preciso construir uma trilha para fazer um negócio deslanchar — e não um trilho. “Porque a trilha a gente muda e adequa de acordo com o cenário. Já o trilho deixa a gente preso, e aí a startup perde o que tem de mais valioso: a capacidade de se reinventar”, afirma.

Já Alexandre Costa, da Cacau Show, acredita que, para uma empresa prosperar, é preciso que os sócios jamais percam a sede por realizar objetivos — nunca podem estar satisfeitos. “Sempre penso que após um objetivo ser alcançado, novos objetivos vêm. É por isso que o ‘chegar lá’ não existe”, diz o empresário.

Flávio Jansen, da Locaweb – Coragem e paixão pelo negócio

Para crescer no próprio negócio, o ex-CEO do Submarino e atual presidente da Locaweb – empresa de hospedagem de sites – destaca a importância da coragem na hora de se lançar no mercado com ideias novas. “Uma dica para quem está iniciando é ter coragem de inovar e paixão pelo seu negócio sempre. Já no dia a dia, para se destacar, é necessário um conjunto de ações que engloba constante pesquisa de mercado, criatividade para implementar novas ideias e dedicação para construir e empreender”.

Cristiana Arcangeli, da Beauty’in – Sem inovação, não dá

Empresária e criadora de inúmeras marcas de cosméticos, como a Phytoervas e a Beauty’in, Cristiana Arcangeli já lançou não só empresas, mas também livros sobre como se destacar nos negócios, a exemplo da obra Como fazer uma empresa dar certo num país incerto. Ela aposta no relacionamento sério com o próprio negócio e nas ideias inovadoras como forma de alcançar o sucesso. “Sem inovação, treinamento, comprometimento e coragem não se empreende no Brasil”.

Julio Vasconcelos, do Peixe Urbano – O time faz a diferença

O criador do site de compras coletivas Peixe Urbano acredita que maior do que a força do próprio empreendedor é a força da equipe que auxilia o empresário a trilhar o seu caminho. Eles são a base do sucesso de qualquer empresa. “Acredito muito na importância de contratar, recrutar e desenvolver os melhores profissionais e de formar a melhor equipe possível. São as pessoas e a estrutura por trás de toda a empresa que fazem a diferença na hora de ter um negócio de sucesso. Não basta apenas ter uma boa ideia, é necessário saber executá-la e ter como ingrediente mais importante a qualidade da equipe”.

Marcio Kumruian, da Netshoes – Escolha a trilha, não o trilho

Para o fundador da Netshoes, empresa especializada em comercializar artigos esportivos e de lazer pela internet, é importante ter em mente um organograma com estratégias de ação traçadas. Porém, é necessário lembrar que a qualquer momento o cenário pode mudar, dependendo da aceitação do mercado. “É fundamental que a empresa saiba para onde quer ir e que desenhe um plano pra chegar lá. É preciso construir cada passo dessa trilha. E precisa ser mesmo uma trilha e não um trilho. Porque a trilha a gente muda e adequa de acordo com o cenário. Já o trilho deixa a gente preso, e aí a startup perde o que tem de mais valioso: a capacidade de se reinventar”.

Alexandre Costa, da Cacau Show – Chegar lá não existe

O dono da rede de lojas Cacau Show, especializada em chocolates, destaca a importância de se traçar metas ao longo do processo e aceitar que se trata de um ciclo infinito, já que a cada objetivo alcançado, surgem outros no lugar. “Acredito que o mais importante é a junção de muita disciplina, determinação e paixão pelo que faz. Sempre penso que após um objetivo ser alcançado, novos objetivos vêm. É por isso que o ‘chegar lá’ não existe. Ou seja, quando alcançamos algum objetivo, ele se torna algo já realizado, mas não significa que devemos parar por aí. No momento em que chegamos lá, o lá já se torna o aqui”.

Tallis Gomes, da Easy Taxi – Saia do mundo das planilhas

Segundo o criador do aplicativo Easy Taxi, mais importante do que planejar o empreendimento é colocá-lo em prática e partir para a ação. “Uma atitude fundamental para que qualquer iniciativa funcione é a execução. Geralmente planejamos demais e executamos menos. O planejamento não passa de um conjunto de suposições. Então, se você quer fazer com que seu negócio saia do mundo maravilhoso das planilhas e se concretize, valide as hipóteses na prática junto às partes interessadas”.

Francine Nonaka, da Dyzon – Sem reclamações

Para a CEO da Dyzon S/A, fabricante brasileira de sistemas de gestão empresarial, a dica de ouro para começar 2014 com o pé direito é entender como sua própria empresa pode beneficiar e facilitar a vida das pessoas. Francine acredita que a utilidade do produto ou serviço deve vir primeiro que o ego do empreendedor. “Uma das coisas mais importantes para um empreendedor seja trabalhar com amor. Isso se traduz em investir mais tempo imaginando como levar alegria para as pessoas a partir do seu negócio, deixando de lado reclamações e justificativas. Pode parecer algo abstrato, mas é o que realmente abre caminhos para o sucesso. Nunca abandonar essa prática é o fundamento da longevidade de um empreendimento”.

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA