Home Office – Ganha o empregado e a empresa também

Trabalhar de casa é uma grande vantagem para o empregado. Isso não é novidade. Mas o que estes dados comprovam é a economia de custos, retenção de talentos e o aumento de produtividade que a empresa tem quando envia parte da sua força de trabalho para um escritório em casa.

Economia de custos imobiliários

as empresas podem economizar cerca de US$ 2.000,00 por ano para cada empregado que não ocupa os espaços físicos da empresa, ou seja, se sua empresa permite que 100 empregados façam seu trabalho de casa, a economia pode chegar a US$ 200.000,00/ano. Com 25% do seu efetivo trabalhando remotamente (cerca de 320.000 empregados), a IBM teve uma economia de US$ 700 milhões em custos imobiliários. A AT&T já economizou seus 550 milhões de dólares. A Cisco, US$ 277 milhões.

A Sun Microsystems que tem 56% de seus trabalhadores (cerca de 19.000) trabalhando ao menos 1 vez por semana fora do escritório, reduziu em 15% seus custos imobiliários. E concluiu que um empregado que possuem um home office custa de 30 a 70% menos para a empresa do que os que batem ponto no escritório (dados de 2007-2008).

Novas estratégias de otimizar espaço – como escritórios compartilhados, ou “hotelling” – mostraram receber alguma resistência por parte dos colaboradores. Mas com o teletrabalho, as mudanças foram muito bem aceitas.

Retenção

Uma pesquisa da EKOS Canadá revela que entre um aumento de salário e poder trabalhar de casa, 33% dos canadenses optaria pela segunda opção. E 43% pediria demissão se fosse para mudar para uma empresa que permite o trabalho remoto.

Produtividade

Dezenas de estudos provaram que os empregados que trabalham de forma remota de 1 a 3 dias por semana, aumentam sua produtividade em 10-20%. matematicamente falando: a cada 10 funcionários em teletrabalho, a empresa recebe um novo empregado “grátis”!

Os teletrabalhadores da American Express gerenciam 26% mais atendimentos e produzem 43% mais negócios que seus colegas no escritório tradicional. A Compaq, empresa de computadores, documentou um aumento de produtividade de 15 a 45%. E uma pesquisa conduzida na IBM Canadá (onde 20% da força de trabalho é de teletrabalhadores) indicou que seus empregados podem ser 50% mais produtivos em ambientes fora do espaço do escritório.

Na British Telecom, a produtividade dos 9000 empregados que trabalham de forma remota aumentaram em 31%. Na JD Edwards (uma empresa da Oracle), provou-se que os teletrabalhadores são 20 a 25% mais producentes que seus colegas do escritório.

Economia de tempo

No Canadá, um trabalhador perde em horas de trânsito, uma média de 6-8 semanas inteiras de trabalho só no deslocamento casa-trabalho-casa. Em São Paulo e em outras cidades brasileiras, a quantidade é provavelmente maior.

Absenteísmo

Um canadense deixa de ir trabalhar uma média de 10 dias/ano por motivos de doença, necessidade de cuidar de crianças ou idosos, greves, problemas climáticos, etc. O teletrabalho permite que mesmo nestas condições, parte do trabalho ainda pode ser realizado. Além disso, estudos mostram que o teletrabalho reduz o absenteísmo em até 20%.

E você? Vê alguma outras vantagem para colaboradores e empresas no trabalho em casa? Deixe sua opinião.

Home Office – Ganhos para empregado e empresa
Avalie este artigo

10 COMMENTS

  1. Excelente reportagem.
    Um profissional que exerce o home office aumenta e muito sua responsabilidade e compromisso com os resultados da empresa. Pois além de sua qualidade de vida aumentar exponencialmente, acaba consciliando suas atividades sem deixar de dar atenção básica a sua familia e pequenos compromissos sem precisar pedir licença (ex: ir ao banco ou reunião escolar dos filhos).
    Sem contar que sua produtividade aumenta e muito, pois devido a estar de casa, não deixa assuntos pendentes porque acabou o expediente ou fazer hora extra no escritorio e pegar taxi se sair muito tarde.

  2. O Home Office Seria uma boa opção para nós que temos que nos transportar, eu perco quatro horas todos os dias só no transporte todos os dias, que poderia ser aproveitado para fazer outras coisas.

  3. Achei muito interessante este espaço, onde podemos compartilhar sucesso e nossas dificuldades.
    Tinha o sonho de ter minha própria representação, a 1 ano me surpreendi com esta conquista. Porém, existem duas dificuldades: 1). Meu trabalho o retorno é muito lento, atuo no setor de matéria prima para as indústrias farmacêuticas, alimentício e cosmeticos. Enfim, até que tenha uma carteira de clientes que me dê retorno, é com muita perseverança. Até ai para eu que tenho foco e visão do negócio estou indo bem, mas a questão de ganhos é preocupante neste início.
    2). Me sinto me virando nos 30, tenho dois filhos pequenos, casa, marido e todos os deveres domésticos, ainda não posso ter uma secretária do lar, este sim, é um belo de um problema, me perco várias vezes no dia, sem saber se acompanho o dever de casa, se o outro está em segurança, a hora do almoço, o cliente me chamando, o celular tocando e por ai vai, é uma loucura.
    Ainda não consegui me organizar para que tenha tempo para ter mais foco no meu trabalho, adoro o que faço, este sentimento junto ao desejo de estar em algum momento com a vida mais organizada e que me faz seguir com muita vontade.
    Caso alguem tenha passado por esta etapa e vencido, adoraria receber comentários.

  4. Há 4 anos trabalho em casa, adoro e só volto a trabalhar dentro de empresa se realmente precisar. Meu marido trabalha há mais tempo q isso, temos profissões diferentes, ele é tradutor e eu designer gráfico.

    Só dependemos da internet, não pegamos (nem fazemos) trânsito, se precisamos sair de carro escolhemos horários com menos trânsito, passeamos com os cachorros e fazemos tudo o q for preciso, adaptando nossos horários.

    Tem um problema, que é acabar trabalhando demais. Sempre aparecem novos trabalhos e sempre tem trabalho nos finais de semana. Mas como consigo adaptar os horários e fazer tudo o que preciso durante a semana, não ligo muito pra esse problema. Tenho trabalhado mais “light” nos finais de semana tb.

    Tem q ter disciplina e fazer tudo dentro dos prazos, e se precisar, deixar de fazer umas coisas pra fazer outras.

    Eu adoro e recomendo!

  5. Em cidades com o trânsito cada vez mais caótico, essa e uma alternativa na busca de qualidade de vida para o colaborador, principalmente nos dias atuais, onde com o auxilio das teconologias, não faz muito diferença entre estar na Av. Paulista ou das Américas no RJ.

    Ainda existem alguns “chefes”, essa e a denominação, que pensam de maneira diferente e por isso ainda muitas empresas resistem a esse modelo, correndo risco de ficar fora dessa evolução no mundo corporativo. Ainda existe o mito da supervisão de olhares, o que não significa nada, pois abelhas atuam em todos os lugares e fazem muita cera…

    Talvez ainda não seja para todos, pois existe o “desafio” da adaptação ao modelo, onde disciplina e foco são fundamentais, porém nada diferente do que deveria-se ter em um escritório tradicional, mas barreiras culturais terão de ser quebradas com o tempo.

  6. O home office depende exclusivamente do tipo da empresa mas no caso de empresas de TI, web e até de suporte para essas áreas, ele pode ser usado até como full-time e apenas em caso de reuniões com clientes ou especiais a ida para um lugar comum (a empresa) seria necessário. Muitos aspectos existentes no dia a dia de trabalho na empresa não existem no home-office fazendo com que a qualidade de vida do trabalhador resulte vontade, motivação e com isso um aumento significativo de produção, principalmente quando envolve criatividade.

  7. Ao meu ver esta é uma ótima forma de demonstrar confiança no empregado, fazendo que o mesmo além de produzir melhor sinta-se menos presionado pela empresa. Tem muitos cargos que o melhor modo de trabalho seria sim o home office, por exemplo, eu sou Web Desiginer, trabalho em uma loja virtual, quando trabalho de freelancer em casa o meu trabalho rende bem mais do que quando estou trabalhando pela minha empresa no escritório, pois em casa tenho meu próprio canto e é onde as idéias surgem.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here