Confira nesta matéria algumas dicas para escolher uma franquia que irão facilitar bastante o seu trabalho de seleção em um setor com tantas opções. Veja quais os principais pontos a serem levados em consideração na escolha de uma franquia e tenha sucesso em seu negócio.
Confira nesta matéria algumas dicas para escolher uma franquia que irão facilitar bastante o seu trabalho de seleção em um setor com tantas opções. Veja quais os principais pontos a serem levados em consideração na escolha de uma franquia e tenha sucesso em seu negócio.

Algumas dicas para escolher uma franquia

Com a crise econômica que se instalou no Brasil, é cada vez maior o número de brasileiros estão vendo nas franquias uma boa opção para se transformarem em seus próprio patrões, por isso nada mais útil que algumas dicas para escolher uma franquia.

No mercado brasileiro o número de franquias não para de crescer. A Associação Brasileira de Franchising – ABF já possui mais de mil e duzentas empresas associadas e as perspectivas do setor são cada vez melhores.

Com esse crescimento no interesse de novos empreendedores em franquias, cresce também a dúvida na hora de escolher em qual negócio investir. O franqueado precisa ter muita paciência para analisar minuciosamente as diversas opções existentes no mercado.

Uma das principais dicas para escolher uma franquia é ser paciente. Além de saber esperar a hora certa, empreendedor interessado em investir em franquias precisa fazer sua lição de casa, ou seja, conhecer bem o setor, os riscos deste tipo de negócio e coletar informações importantes sobre a marca que pretende investir.

Fazer um investimento em franquias deve ser uma atitude racional e acontecer no tempo do certo do franqueado. Você não pode, em hipótese alguma, entrar no jogo de pressão do franqueador.

A aquisição de uma franquia precisa ser uma compra racional e de comparação. Essa ansiedade passa nos primeiros meses. Um dos principais pontos a ser analisado é se o franqueados está preparado.

Conheça o setor de atuação da franquia

Para ter certeza de que está entrando no negócio certo, uma das dicas para escolher uma franquia é pesquisar bem sobre o setor.

Faça uma busca sobre a lei que regulamenta a compra e venda de franquias, sobre os direitos e deveres de um franqueado, as taxas envolvidas em uma franquia,  e sobre eventos e cursos que possam ajudar a entender melhor este negócio.

Vale a pena até mesmo fazer um curso para entender se o franqueador está preparado ou não para atender os franqueados.

Faça uma auto avaliação

Com informações sobre o setor em mãos, faça uma avaliação do seu perfil de empreendedor. As especificidades da franquia exigem um empreendedor que esteja disposto a seguir regras, prestar contas ao franqueador e ficar dentro dos padrões.

A pessoa olha no primeiro momento só para a renda e se esquece de olhar para ela mesma e saber o que gostaria de fazer. Se você tiver perfil para ser franqueado, não confunda o que gosta de consumir com aquilo que gosta de fazer.

Todo mundo gosta de viajar, mas nem todos estão dispostos a trabalhar em uma agência de viagens. Não levar em conta o seu perfil empreendedor é um dos maiores erros de quem investe em franquias.

Elimine outras opções de franquias

Tendo esclarecido bem a confusão entre o que gosta de comprar e o que está disposto a fazer, o empreendedor parte para a eliminação de opções.

Uma vez que sabe o que não quer, pega um guia de franquias e começa a riscar tudo que jamais faria e eliminar os segmentos que não gostaria de trabalhar. Nesse momento, é importante ter em mente um plano para os próximos dez anos.

Calcule o capital necessário para sua franquia

Uma outra dica para escolher uma franquia é a questão do investimento. Se você tem 100 mil reais, precisa procurar marcas que custem no máximo 80 mil reais.

Você tem que procurar negócios cujo investimento total, incluindo capital de giro, taxa de franquia, estoque, implantação e ponto, seja em torno de 70% a 80% do seu capital.

Tem que deixar parte disponível para as emergências pessoais e da empresa”, explica.

Vale a pena fazer um planejamento financeiro e avaliar a necessidade de um financiamento. “Para a primeira franquia, recomendamos no máximo 30% de financiamento.

Depois que adquiriu experiência, pode alavancar um pouco mais porque já domina a operação”, diz.

Atualmente existem diversas opções de franquias de baixo investimento, principalmente na área das microfranquias, um segmento que vem apresentando uma das mais altas taxas de crescimento no Brasil.

Dicas para a escolha de uma franquia

Cheque a região

Fazer um levantamento da franquia em sua região é fundamental. Nessa etapa, entende-se que o empreendedor esteja com algumas opções de franquias para serem analisadas.

Agora é a hora de avaliar a disponibilidade da marca na região desejada. Precisa olhar onde vai se localizar e também se naquela região a marca tem condições de abrir outras unidades.

Verifique também a disponibilidade de imóveis na região, pois a escolha do ponto comercial ideal para uma franquia depende obviamente da disponibilidade.

Franqueado de uma loja só é escravo da operação, já que o envolvimento operacional dele é muito grande. Ter uma visão exata do mercado é muito importante.

Investigue o histórico do franqueador

Com uma quantidade mais reduzida de possibilidades, o franqueado deve fazer uma detalhada investigação do franqueador.

É hora de ligar, pedir material, visitar o franqueador e falar com os franqueados que já estão na rede. Uma boa sugestão é procurar quatro tipos de franqueados: um recente, um mais veterano, um geograficamente perto da franqueadora e outro mais distante. Isso dá um panorama de como é o suporte da marca.

Pergunte se ele está feliz, se abriria uma segunda loja, se o prometido foi cumprido, coisas boas e ruins. Você vai ter um raio-x do ponto de vista do franqueado e também vai entrevistar o franqueador e olhar se a estrutura dele está condizente com o tamanho da rede e com a velocidade de expansão.

Depois de investigar o franqueador, você vai eliminando redes não muito preparadas e minimizando assim os riscos de abrir uma franquia. Sobrarão até quatro marcas para negociação e seleção final.

Essas dicas para escolher uma franquia podem lhe poupar muito tempo e principalmente dinheiro, por isso, não deixe de levá-las em consideração na hora de partir para o seu negócio.

Agora que você já conhece as principais dicas para escolher uma franquia, incorpore estas informações ao seu roteiro e boa sorte na sua escolha. Mantenha-se atualizado assinando a nossa Newsletter.

GD Star Rating
loading...
Dicas para escolher uma franquia, 10.0 out of 10 based on 6 ratings

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here