Quais os custos de uma franquia?

Quais os custos de uma franquia? Veja quais são os principais custos de aquisição e manutenção de uma franquia.
Quais os custos de uma franquia?

Os custos de uma franquia te assustam? Quais são os custos de uma franquia? A preocupação comum a todos que buscam uma franquia é quais serão os custos de implantação e operação do negócio. Muitos destes valores não aparecem de maneira muito clara e transparente quando se está avaliando o investimento. Não se assuste. Estes são custos que você teria ao montar qualquer tipo de negócio, mas o importante é conhecê-los antes de investir.

Custo de aquisição e de ocupação do ponto comercial

Entre os custos de uma franquia está o aluguel. Alguns aluguéis são calculados sobre o faturamento com um mínimo garantido para o locador. Não se esqueça dos impostos como IPTU, bombeiros,taxas de regularização e dos seguros exigidos para o negócio. Conheça com detalhes os valores destinados a condomínio e propaganda em shopping center, além do 13º aluguel. Muitas vezes estes valores acabam dobrando o valor da locação e são uma “caixa preta” difícil de abrir e questionar.

Honorários profissionais e de administração

Muitos negócios possuem atividades burocráticas e exigem a montagem de uma área administrativa que demanda pessoas e equipamentos. Não se esqueça dos custos de uma franquia envolvidos com contadores desde a montagem da empresa até o dia a dia do negócio e, eventualmente, de advogados para a cobrança de devedores e consumidores insatisfeitos.

Capital de giro

As suas receitas iniciais nunca fecham com o pagamento de suas despesas iniciais, geralmente as despesas ocorrem antes. O capital de giro é sua reserva inicial disponível para fazer frente a estas despesas.

Compra de produto

Cerca de 62% das franquias no Brasil vendem produtos para a rede transformando franqueadores em atacadistas e franqueados em revendas, nem sempre exclusivas. Estas franquias possuem suas taxas cobradas sobre o volume de compras e o franqueador fica feliz com seu estoque cheio e não com seu volume de vendas. Tome cuidado, conheça com detalhes se a margem que você terá na revenda é compensadora e se você terá exclusividade na sua área de atuação.

Treinamento

Normalmente, o treinamento inicial está embutido na taxa de franquia, mas lembre-se que você deverá arcar com as despesas de locomoção, hospedagem e alimentação. Veja também os custos envolvidos nos treinamentos e convenções.

Sistemas e equipamentos

Softwares de gestão de negócios demandam o pagamento de taxas de aquisição e licença assim como taxas mensais de manutenção e, em alguns casos, a aquisição de equipamentos. Não esqueça os equipamentos exigidos para os cartões de crédito e suas taxas que podem levar até 5% de sua receita nas vendas com cartão. Lembre-se dos impostos, pois as informações são registradas diretamente na Receita.

Revitalização e manutenção de loja

Muitas franquias exigem a revitalização do negócio a cada período contratual e isto significa quase um novo investimento. Veja também as despesas adicionais de taxa de propaganda, geralmente utilizada para vitrines e visual merchandising de loja. São periódicas e consomem uma boa parte da lucratividade do negócio.

Corretagem e taxas da franquia

Se você está adquirindo a sua franquia através de um corretor, intermediário ou consultor, saiba que ele está levando até 80% da taxa de franquia. Geralmente ela é paga pelo franqueador ao corretor e – não se iluda – em algum momento você terá que repor esta quantia ao franqueador. Muitos franqueadores cobram o treinamento, a busca do ponto, projetos de arquitetura e até mesmo embutem este custo na compra de produtos para compensar.

Impostos

Tenha em mente que, na média, os negócios no varejo são inviáveis fora da tributação do Simples. Se as suas receitas superarem 3,6 milhões de reais ao ano, olhe com muito cuidado o negócio. Infelizmente é assim que funciona, você será duramente penalizado por crescer.

Seu trabalho

É o mais importante de todos. Em franquia, vale o ditado popular: “é o olho do dono que engorda o gado”. É o seu envolvimento pessoal diário que vai fazer o negócio acontecer. Qual o custo deste seu envolvimento e quais as receitas que você precisa gerar para manter sua vida em ordem.

Por Marcus Rizzo

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here