Franqueado Subway já tem 25% do faturamento no e-commerce

Franqueado Subway já tem 25% do faturamento no e-commerceA tecnologia é fundamental para que redes de fast food consigam operar com agilidade e entregar pedidos de clientes da maneira mais rápida possível. Muitas lojas de redes do ramo alimentício enfrentam problemas como filas, falta de estacionamento ou espaço e, dessa maneira, o uso sistemas de pedidos remotos têm se apresentado como alternativa para agilizar o processo de pedidos sem a necessidade de manter um call center especializado.

No caso da franquia Subway de Campina Grande (PB), a implantação da ferramenta Subdelivery, desenvolvida pela Wetake2you, companhia especializada no desenvolvimento de sistemas de e-commerce para redes de varejo, permitiu oferecer aos clientes um canal exclusivo de pedidos online. “Nós não fazíamos pedidos por telefone porque o produto é muito customizado e a possibilidade de erro era muito grande. Assim, a solução veio bem a calhar pois ela funciona como se o cliente estivesse no balcão, de modo que ele tem liberdade pra escolher o que quiser”, explica Pedro Júnior, franqueado da rede Subway.

Desde que a ferramenta foi adotada em maio de 2011, a loja conquistou uma base de 9 mil clientes online e realiza uma média de mil pedidos online por mês. Esse tipo de venda já representa para a loja 25% por cento de faturamento. “Se não tivéssemos o serviço delivery, 90% dos clientes não viriam na loja, pois esse é aquele que não pode sair. Se você não está na internet, ele vai comprar de outro.”

Baseada na web, a solução Subdelivery funciona de maneira centralizada em um ponto central, que permite o atendimento às outras lojas com base na localização dos pedidos, além de fornecer o acompanhamento em tempo real, inclusive via dispositivos móveis. “Se tem algum pedido atrasado, a ferramenta envia automaticamente um SMS para o meu smartphone e o do gerente, e, assim, conseguimos gerir com mais eficiência as vendas nos estabelecimentos”, comenta Pedro Júnior.

O Subdelivery é utilizado por mais de 50 franqueados da rede alimentícia distribuídos pelo Brasil e sua licença é cobrada através de um valor mensal. O sistema também permite a emissão e visualização de relatórios que mostram os pedidos diariamente, inclusive os horários de maiores vendas. Além disso, a loja consegue administrar o cardápio disponível e a região de entrega de pedidos, possibilitando a exclusão de localizações que não serão atendidas.

A partir de novembro, a ideia é disponibilizar a solução também por meio de aplicativos mobile para os sistemas operacionais Android e iOS. O franqueado de Campina Grande pretende adotar o sistema que, segundo ele, poderá viabilizar pedidos “pick up”, nos quais o cliente pede o lanche para a viagem enquanto ainda está no trânsito.

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA