As tendências do comércio eletrônico em 2012

Quais são as tendências para o e-commerce em 2012.Nem mesmo encerramos o ano de 2011 e já estamos falando em tendências para o e-commerce em 2012. Na internet é tudo assim, muito rápido, sempre trabalhando antecipadamente. As estratégias para o Natal começam a ser desenhadas em julho e para nós, 2012 já começou. Em nossa consultoria, vários clientes já nos procuraram para tornar o próximo ano a data de seu eingresso no e-commerce. Por isso, é bom iniciarmos o debate sobre as tendências para o comércio eletrônico em 2012, antes que os acontecimentos nos atropelem.

Prespectivas de crescimento do comércio eletrônico em 2012

A se confirmarem as expectativas desse ano, o que parece certo em função dos últimos dados sobre o e-commerce em 2011, o comércio eletrônico brasileiro deverá viver mais um ano de crescimento dentro da taxa histórica de 30% ao ano. Ao que parece, em 2012 o comércio eletrônico continuará na mesma direção.

Plataformas de e-commerce e mídias sociais

A tendência do comércio eletrônico para 2012 no que diz respeito a plataformas de e-commerce é de sistemas cada vez mais integrados às mídias sociais, uma tendência iniciada ano passado que deve continuar em 2012. A adaptação das plataformas para os dispositivos móveis também deve ser uma tendência bem marcante, pois é esperado um grande crescimento das compras feitas através destes dispositivos.

Maiores recursos para gestores

Em nosso curso sobre criação de lojas virtuais temos sentido que cada vez mais os gestores de e-commerce querem ser independentes na administração das plataformas. Para eles, quanto menor for a dependência de programadores maior serão suas possibilidades de criar ações de gestão mais criativas. Por isso, acreditamos que as plataformas de e-commerce deverão partir para um caminho de cada vez maior liberdade em termos de administração de recursos.

Social commerce em alta

O social commerce já é tendência mundial e deverá ganhar um novo impulso em 2012. As compras que tem origem no engajamento nas redes sociais tenderão a ganhar uma expressão ainda maior em 2012 e por isso é importante que os administradores de e-commerce tenham a visão de que o social commerce não é somente criar uma loja no Facebook, mas sim, provocar o engajamento nas mídias sociais para gerar compras no comércio eletrônico.

F-Commerce

Participando de forma decisiva da expansão do social commerce, o F-Commerce ou comércio eletrônico através do Facebook deverá apresentar um crescimento expressivo no Brasil em 2012. Novos aplicativos de F-Commerce devem chegar ao mercado brasileiro em 2012, inclusive, muitos deles já incorporados às plataformas de e-commerce, como já vem ocorrendo com a Magento. O custo desses aplicativos também deverá apresentar uma redução nas taxas cobradas em função da competição.

Tablets no e-commerce

Com o barateamento dos tablets no Brasil a tendência é que conquistem uma parcela significativa do e-commerce em pouco tempo. No exterior eles já respondem por uma boa parcela das compras e aqui não será diferente. A exigência de que plataformas de e-commerce tenham uma versão para tablets passará a fazer parte de qualquer roteiro para escolha de uma plataforma de e-commerce em 2012.

Outlets virtuais

Os sites de compras coletivas tiveram origem na queima de estoques das lojas virtuais americanas e foram um grande sucesso no mundo inteiro. Uma das tendências do comércio eletrônico em 2012 é de que as próprias lojas virtuais passem a ter seus outlets para promover grandes liquidações de estoques.

Compras coletivas

No segmento de compras coletivas acreditamos a tendência em 2012 seja de continuação do processo de acomodação do mercado através de um processo de maior profissionalização dos sites já existentes e o surgimento de novos sites, cada vez mais segmentados e regionalizados.

Nossa visão do cenário para o comércio eletrônico é essa. Agora, basta esperar para ver quais são as tendências para o comércio eletrônico em 2012 que terão maior expressão ao final do ano que vem.

E você? Quais as tendências do comércio eletrônico em 2012 teria a acrescentar?

Fonte: Curso de E-Commerce

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA