Algumas lições de Steve Jobs para os novos empreendedores

O que Steve Jobs deixou de lições sobre empreendedorismo“Steve, obrigado por seres um mentor e um amigo. Obrigado por mostrares que o que o que criaste pode mudar o mundo. Vou sentir a tua  falta”. Foi com essa mensagem que Mark Zuckerberg, um dos maiores empreendedores da atualidade, se despediu de Steve Jobs.

Assim como o criador do Facebook, qualquer um que queira criar um negócio de sucesso deve inspirar-se no percurso de Jobs e aprender com as suas lições.

Vejam, de seguida, alguns dos ensinamentos deixados pelo criador da Apple:

1. Inove sempre

Jobs foi um mestre na arte de ditar tendências graças à sua incansável procura pela próxima grande ideia. A Apple poderia muito bem ter-se contentado em ser uma grande fabricante de computadores, mas sob o comando de Jobs, não se cansou de explorar novos mercados e revolucioná-los completamente. “Acho que se fazes algo que dá certo, então deves procurar fazer outra coisa fantástica, e não estares sempre a fazer o mesmo, durante muito tempo. Descobre o que vem depois”, aconselhou.

2. Faça melhor do que os outros

A Apple não inventou os walkmans, os smatphones ou os tablets, mas transformou profundamente esses produtos ao apresentar a sua visão. Isso só foi possível porque Jobs nunca se resignou a ser mais um no mercado. “Apostamos na nossa visão e preferimos fazer isso a fazer produtos ‘eu também’. Deixem as outras empresas fazerem isso. Para nós, é sempre o próximo sonho”, disse.

3. Não desista do seu negócio

Jobs sempre comandou a Apple com paixão e pulso forte e esteve envolvido no negócio até os últimos dias de vida. Mesmo tendo sido afastado da direção da empresa pelos acionistas durante um período, não hesitou em reassumir o leme quando a oportunidade apareceu. “Quando as pessoas vendem a sua participação, mesmo que fiquem absurdamente ricas, elas privam-se de uma das experiências potencialmente mais gratificantes das suas vidas”, disse.

4. Quebre as regras

Jobs não revolucionou apenas a maneira como se utilizam certas tecnologias. Ele não teve medo de desafiar e transformar a lógica de funcionamento dos mercados gigantescos, como as indústrias da música e do cinema. A iTunes Store consolidou um novo modelo de compra e venda de conteúdo digital na internet, ao qual, mais cedo ou mais tarde, todas as editoras s e estúdios acabaram por ceder. “É mais divertido ser um pirata que entrar para a marinha” era o seu lema.

5. Invista na simplicidade

Não é raro deparar-se com um vídeo no YouTube que mostre uma criança em tenra idade “a navegar” com um iPhone ou iPad. O motivo é simples: os produtos da Apple são fáceis de usar e por isso conquistam legiões de fãs, arrebatando a concorrência. E isso não é “acaso”. Jobs perseguia a simplicidade à exaustão. “Esse é um dos meus lemas – foco e simplicidade. Simples pode ser mais difícil que o complexo: tens de trabalhar arduamente para colocar o teu pensamento ‘clean’ e tornar as coisas simples. Mas vale a pena no final, porque quando chegas lá, você consegues mover montanhas”, disse em entrevista.

GD Star Rating
loading...
O que Steve Jobs ensinou aos empreendedores, 9.0 out of 10 based on 1 rating

2 COMENTÁRIOS

  1. Jobs foi um gênio da nossa época. Sendo seus contemporâneos imagino que tenhamos a mesma sensação que os contemporâneos de Einstein (que morreu no ano em que Steve nasceu) ou de Thomas Edison. Sabemos que na nossa época passou um gênio e lendo sua biografia podemos ver que não foram em todas os campos de sua vida que ele fora um gênio. Sabemos de seus problemas de relacionamento com a filha que teve ainda jovem, e também das filhas que teve quando já era um mito. Seus problemas em aceitar o “abandono” de seus pais biológicos. Seu jeito “nada carinhoso” de tratar os outros, alternando entre ISSO É FANTÁSTICO e ISSO ESTÁ UMA PORCARIA (não assim, tão polido). No entanto nada disso desmerece ou apaga o que Jobs foi para o mundo da inovação, do design e da tecnologia. Publiquei uma Mega Resenha sobre sua Biografia no meu site, mas ainda assim acho que não foi o suficiente ler uma vez o livro de 643 páginas. Esse é daqueles livros que se leem uma vez por ano, ou uma vez por semestre, pois as lições do MESTRE hão de perdurar muito!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here