Famosos investem em franquias

Famosos investem em franquias
Espaço VIP Juliana Paes

Muitos famosos têm usado sua experiência nos negócios – e sua imagem – para lançar redes de franquias. O nome conhecido por trás do empreendimento desperta a curiosidade do público, o que pode representar um ganho de marketing para o empreendedor que decidir ser um franqueado da marca.

Xuxa, Pelé, Luciano Huck, Juliana Paes e os sertanejos Chitãozinho & Xororó estão entre as celebridades que têm seus nomes vinculados a redes dos mais diversos segmentos.

No buffet infantil Casa X, que tem a apresentadora Xuxa como sócia, o investimento inicial custa a partir de R$ 650 mil. Na rede de alimentação Montana Grill, da dupla Chitãozinho e Xororó, o valor é a partir de R$ 280 mil. A academia Pelé Club tem investimento a partir de R$ 1,1 milhão.

Já a academia Fórmula, que tem como sócio o apresentador Luciano Huck, tem investimento inicial a partir de R$ 950 mil. E o salão de beleza Espaço Vip Juliana Paes é administrado pela irmã da atriz e tem investimento inicial a partir de R$ 121,9 mil.

Exposição impulsiona o marketing da rede

Apesar de tantas personalidades apostarem no setor de franquias, Ricardo Camargo, diretor-executivo da ABF, diz que isso não é uma tendência. “Como já são pessoas conhecidas e têm conhecimento do mercado, eles têm uma maior propensão a lançar negócios. Eles podem entrar como sócios efetivos ou ceder sua imagem para o empreendimento”, afirma.

Mario Esses, diretor da Rede Fórmula, diz que o sócio famoso Luciano Huck, além de ser o garoto-propaganda, é muito presente no dia a dia da empresa.

“O Luciano é um sócio atuante, interessado no negócio. Temos reuniões frequentes de acompanhamento com ele e sua equipe que trata dos investimentos. Além dele, que é sócio da Rede Fórmula em nível nacional, temos o tenista Gustavo Kuerten e seu irmão, Rafael Kuerten, como sócios do nosso franqueado para o estado de Santa Catarina”, declara.

Para o empreendedor, ter o nome de um famoso ligado ao negócio é uma boa estratégia de marketing, já que cria empatia e desperta a curiosidade do público. Além disso, aumenta a confiança no negócio, pois os famosos só cedem seu nome depois que eles mesmos ou sua equipe tenham verificado a segurança e a garantia do negócio, segundo o diretor da ABF.

Por outro lado, Camargo diz que só o apelo de um nome forte não é garantia de sucesso. “O investidor tem que levar em conta também o plano de negócios da franquia, fazer uma análise de retorno do capital”, declara.

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA