Coisas que você precisa saber para empreender nos dias de hoje

Coisas que você precisa saber para empreender nos dias de hoje

Coisas que você precisa saber para empreender nos dias de hojeO que você tem feito de inovador pelo seu empreendimento? Essa foi a proposta da palestra do jornalista, marqueteiro, consultor, empresário e design thinker, Marcelo Pimenta, que falou sobre o novo jeito de empreender nas organizações de hoje, durante a edição de 2014 da Campus Party.

Além de ser um dos fundadores do Grupo Conectt e do Laboratorium – Laboratório de Inovação e Empreendedorismo, Pimenta é ainda consultor do Sebrae para planejamento, marketing estratégico e marketing digital.

Segundo ele, o empresariado brasileiro vem acumulando conhecimento sobre negócios e empreendedorismo desde 1911, com os “princípios da administração científica”, que explicava como uma pessoa devia abrir uma empresa.

“As grandes universidades americanas foram incorporando os conceitos e criando novos jeitos de administrar, incluindo marketing, pesquisa e desenvolvimento, finanças, contabilidade. E isso vale muito para grandes empresas. No entanto, esqueceu-se de como se fazia para as pequenas organizações”, explicou o especialista.

Com a revolução da internet, esses empreendedores começaram a pensar de uma forma diferente e valorizar o lado financeiro “de uma forma diferente da tradicional”, na qual a criatividade tinha um valor muito maior do que anteriormente.

A partir daí, surgiu uma nova forma de empreender, atingindo seu ápice na atualidade, com empresas como o Facebook mostrando que, quanto mais se consome um produto e conteúdo, mais você cativa a atenção do usuário.E é aqui que mora o seu trunfo. “Essa nova economia, aonde desliga-se um pouco da antiga escola de administração focada em grandes empresas, mudou.”

É por isso que não se pode empreender do mesmo jeito que há 10 ou 20 anos. As coisas simplesmente não ‘vão para frente’ com modelos que não contemplam a forma como as pessoas de hoje vivem, compram e se comunicam. “É disso que estamos falando aqui, um novo jeito de aprender. Tudo que se aprendeu nos últimos 100 anos sobre administração vale, mas temos que olhar para isso de uma forma diferente agora”, instigou o consultor.

Como empreender nos dias de hoje

Pimenta sugeriu um novo modelo para os dias de hoje. Confira e veja como você pode se adequar ao novo formato.

Propósito

Primeiro, você precisa de um propósito para abrir seu negócio, explicou o especialista. Seja este mudar o mundo, ganhar dinheiro, resolver um problema pessoal ou simplesmente “deixar seus pais felizes”. Identifique a razão que o move pois é ela que vai sustentar suas ações e lembrar aonde você deve se apoiar quando as situações forem difíceis.

Ferramentas

É importante se munir de ferramentas para conceber e validar uma empresa, bem como um quadro de modelo de negócios (simples e eficaz), opção de crowdfunding, se necessário, e outras ferramentas que o seu setor demanda.

Para descobrir isso, conheça o mercado em que se quer atuar (seja por meio de pesquisa, análise de mercado e concorrência e/ou experiência na área). Segundo Pimenta, conhecer e usar tais ferramentas é um movimento importante para dar o primeiro passo.

Aprender a aprender

No entanto, não adianta só conhecer as ferramentas, porque as tecnologias mudam. Por isso, desenvolva o pensamento que será preciso “aprender a aprender” sempre que necessário para não se acomodar. Dica do Pensando Grande: cerque-se de pessoas e profissionais bons ao seu redor para auxiliá-lo no processo.

A pratica leva à excelência

A apesar da frase de Aristóteles ter surgido bem antes da internet, ela já indicava um ensinamento valioso. “Empreender é uma prática. É normal abrir o primeiro negócio e não dar certo. Mas aí você abre a segunda, a terceira vez e aprende um pouco a cada ano”, ensinou Pimenta.

Comportamentos

A forma como você vai encarar o negócio vai fazer toda a diferença se ele vai deslanchar ou não. Por mais que não haja um perfil único de empreendedor, existem algumas características comuns essenciais a se desenvolver:

Coragem – “Ao precisarmos de algo a mais, precisamos de algo novo. E para fazer algo novo é preciso coragem. Cultiva-a para chegar lá.”

Humildade – “É muito comum jovens se acharem a última bolacha do pacote”. Não cometa esse erro e aprenda ouvindo – seu cliente, seu sócio, seu parceiro, pessoas mais experientes. E não tenha medo de voltar atrás se for necessário.

Paixão – “É o combustível para tudo isso. Se você está fazendo algo pelo qual está apaixonado, você vai conseguir sair no frio lá fora para tocar. Encontre no que está querendo empreender, porque aí trabalhar se tornará um prazer, não uma obrigação.”

Com isso em mente, comece a colocar o seu plano de ação em prática.

GD Star Rating
loading...

DEIXE UMA RESPOSTA